Fábrica conectada

Melhore as eficiências industriais com uma fábrica conectada

A demonstração a seguir é um exemplo de como uma empresa pode usar a eficiência das soluções de IoT do Microsoft Azure para aproveitar a Indústria 4.0 e dispositivos habilitados para nuvem por meio da estrutura OPC-UA.

Ao conectar fábricas, de maneira simples e sem interrupções, os fabricantes podem ingerir, analisar e visualizar informações operacionais robustas, incluindo dados de desempenho e eficiência. Em vez de reagir aos eventos, eles podem gerenciá-los de maneira proativa e, em última análise, automatizá-los por completo.

Com o acelerador de soluções do Azure IoT para fábricas conectadas, a infraestrutura e a arquitetura são pré-configuradas, o que permite às empresas começar a usar rapidamente uma plataforma segura e global.

Exibição global

Exibição da fábrica

Exibição da linha de produção

Exibição do computador

Solução de problemas

Step 1 of 4

Visão geral global

O painel de resumo global mostra aos operadores uma visão geral do negócio de fabricação.

Step 2 of 4

Relatórios críticos

Imediatamente, os operadores podem ver o status das instalações, incluindo o desempenho, a eficiência e os resultados.

Step 3 of 4

Log de alertas

Todos os alertas críticos, interrupções ou anomalias operacionais e de eficiência são escalonados para uma resolução rápida.

Step 4 of 4

Escalonamento de alertas

Há um alerta crítico em uma instalação na Alemanha. Vamos ver isso em mais detalhes…

Step 1 of 3

KPIs no nível da fábrica

No nível individual da fábrica, os KPIs e alertas são resumidos para este local específico.

Step 2 of 3

Detalhes de produção

Cada linha de produção pode ser representada, monitorada e analisada individualmente. Os resultados de eficiência e produção também são resumidos quase em tempo real para identificar um problema.

Step 3 of 3

Alertas críticos

É possível ver que o alerta crítico dessa instalação está na linha de produção 6, que fabrica peças automotivas. Analisaremos isso mais profundamente…

Step 1 of 3

Exibição da linha de produção

Nesse nível, a linha de produção específica está resumida, mostrando os dados de produção, os tempos de execução dos computadores e as métricas de dados reais do dispositivo.

Step 2 of 3

Análise específica do computador

Agora, é possível identificar que a peça em questão apresenta falhas ou anomalias. É possível ver que o problema está no braço robótico da linha.

Step 3 of 3

Alertas específicos

Existem vários avisos e escalonamentos para este local, mas somente um é crítico. O alerta desse dispositivo está relacionado à temperatura. Clique em todos para ver qual é o possível problema desse braço robótico.

Step 1 of 4

Exibição do computador

No nível do computador, podem ser exibidos dados brutos do dispositivo, desempenho e até mesmo análise preditiva.

Step 2 of 4

Análise aprofundada

Aqui, as métricas e os valores reais do dispositivo podem ser exibidos quase em tempo real. As KPIs específicas do dispositivo, os tempos de execução e os requisitos agendados restantes também são exibidos.

Step 3 of 4

Tomada de decisão contextual

É possível ver que o dispositivo deveria estar disponível há algum tempo, mas o painel prevê que haverá uma falha não agendada muito antes.

Step 4 of 4

Executar ação

Aqui, o operador pode selecionar o alerta crítico para executar uma ação.

Step 1 of 2

Resolver o problema

O painel de alerta mostra dados em tempo quase real, bem como informações históricas. A visualização de dados mostra claramente o limite infringido e a necessidade de executar uma ação antes de ocorrer um erro na peça, o que pode interromper a produção.

Step 2 of 2

Integração de empresas

É possível chamar um técnico para o local por meio da integração entre o Dynamics365 e o Field Service. A manutenção pode ser agendada em um horário conveniente, entre os turnos, para minimizar o impacto aos cronogramas de produção.